sábado, 31 de janeiro de 2015

Arquimandrita, Theodoro de Oliveira do Mosteiro ROMPE com a Igreja Católica


Comunicamos, com profunda dor, aos fieis católicos, que reconhecem no sucessor de Pedro, hoje nosso querido papa Francisco, o sinal visível da Unidade da Igreja de Cristo, que o Arquimandrita Theodoro A. C. de Oliveira, até agora presbítero da Eparquia Melquita Católica, fundador do “Mosteiro Filhos Misericordiosos da Cruz”, situado em Votorantim, aqui generosamente acolhido pelo meu predecessor, Dom José Lambert, acaba de romper os laços de obediência ao Santo Padre, o papa Francisco, e a seu Bispo, Dom Joseph Gebara, excluindo-se assim da comunhão católica. A ruptura será consumada com sua ordenação episcopal, a ser realizada por um Bispo Anglicano, no dia 09 de fevereiro, conforme convite oficial enviado aos católicos que vinham generosamente colaborando com o projeto “Mosteiro Filhos Misericordiosos da Cruz”.
Por se tratar de um ato público de ruptura com a Igreja Católica fica proibida a presença de católicos em tal celebração bem como em todas as celebrações que de agora em diante forem presididas pelo Arquimandrita Theodoro ou por qualquer ministro da Igreja Anglicana.
Advertimos os católicos que todos aqueles que o acompanharem em tal decisão estarão também abandonando a Igreja Católica na qual foram batizados e incorrem igualmente nas penas canônicas prescritas tanto pelo Código de Direito Canônico como pelo CCEO, Código de Cânones para as Igrejas Orientais Católicas.

Direito Canônico para a Igreja Latina
Can. 751 – Chama-se...cisma a recusa de sujeição ao Sumo pontífice ou de comunhão com os membros da Igreja a ele sujeitos.”
Can. 1364 - § 1. “... O cismático incorre em excomunhão latae sententiae...”
Isto significa: ao romper o vínculo da unidade com a Igreja, nesse momento mesmo, ele se coloca fora da comunhão eclesial.
CCEO – Direito para as Igrejas Católicas orientais
Can.1437 
Aquele que recusa a submissão à autoridade suprema da Igreja ou a comunhão com os fieis sujeitos a esta autoridade e que, depois de ter recebido uma advertência legítima, não lhe presta obediência, será punido como cismático pela excomunhão maior.
Can.1447
Aquele que suscita revolta ou ódio contra não importa qual Hierarca ou excita os fieis a desobedecer-lhe, será punido com uma pena adequada sem excluir a excomunhão maior, sobretudo se este delito é cometido contra o Patriarca ou ainda mais contra o Pontífice Romano.

Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues
Arcebispo Metropolitano

https://sites.google.com/site/gotasdapalavra/




DIREITO DE RESPOSTA

Resposta do Arquimandrita THEODORO A. C. DE OLIVEIRA:

ROMPENDO O SILÊNCIO
Queridos irmãos e irmãs em Cristo,
Fomos acolhidos com alegria pelo memorável D. José Lambert desta Arquidiocese de Sorocaba onde exerci de modo particular com afinco minha função de Secretário no Conselho Presbiteral, representando da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil) e Vigário da Matriz S. João em Votorantim.
Sempre atuamos com zelo pastoral para com todos sem exclusão e no acolhimento de fiéis provenientes de várias realidades e comunidades.
O nosso testemunho de despojamento e pobreza se fez vivo através de nossa simplicidade, celebrando sob várias tendas no frio ou calor, chuva ou sol tudo pela graça da Eucaristia aí se encontra a identidade plena da missão e da Igreja.
O acolhimento aos doentes e visita aos mais pobres nas periferias foi e é algo marcante de nosso carisma F.M.C. nesta realidade pastoral.
Nunca negamos nossa presença às Comunidades, celebrações de missas ou outros pedidos que se achegaram a nós.
A relação com o arcebispo atual sempre foi amarga e não simpática pela sua não abertura ao nosso carisma católico e apostólico na espiritualidade bizantina – anos de perseguições e humilhações que só o Senhor e muitos fiéis que acompanham nossa Obra são testemunhas disso... anos de cansaço psicológico diante da indiferença
Escrevemos a Roma e aos vários dicastérios com documentos, testemunhos de inúmeros fiéis sobre nossa dedicação e nossas obras pastorais e sociais e sobre a não abertura do Arcebispo local a minha pessoa e aos nossos religiosos.
Trabalhamos no silêncio e sob a extrema humilhação configurando nosso ministério a Jesus sofredor, mas confiantes em sua gloriosa Ressurreição!
As missas aqui celebradas e frequentadas sempre se caracterizaram pela alegria e acolhimento aos mais excluídos e assim continuarão a ser não pelo número de fiéis, mas pela qualidade que temos sempre que lutar e nos empenhar.
Não estamos ligados a esta Arquidiocese, mas ainda a nossa Eparquia Greco-Melquita Católica Nossa Senhora do Paraíso em SP e caberia ao meu Arcebispo oferecer algum comunicado oficial ou possível ‘excomunhão’ e o mesmo não fez e nada disso chegou até mim. Não é isso coerência e prudência?
Publicar uma nota sob facebook na qualidade de Arcebispo isso não é elegante e o mesmo de etiqueta deveria compreender pelo cargo que assume e nem cometer as ingerências que há anos vem cometendo numa Comunidade religiosa que não é de sua competência e urge ver principalmente o contexto pastoral de Votorantim e de muitas paróquias fragilizadas por tantas divisões e falta de sua presença paternal e pastoral para uma séria evangelização entre o povo de Deus. Utilizando a fragilidade dos caros vigários e intimidando-os a divulgar seus decretos que deveriam servir em primeiro lugar ao seu próprio clero e fiéis!
Aqui trago seus e-mails desde 2005 com suas várias ameaças para que pudéssemos nos subjugar a sua tirania e despotismo... se o bispo não é capaz que tenha a coragem em renunciar!
Capacidade de diálogo somente mostrou-se um breve espiral após o processo por nós instaurado e que se encontra em segredo de justiça no Fórum de Sorocaba e que o mesmo deverá responder.
1) A Igreja de Cristo não se fundamenta na tirania de um pastor;
2) Causar constrangimento a uma entidade religiosa e aos fiéis com o intuído de proibição ou inibição isso é desrespeito à liberdade religiosa e no senso ecumênico tão falado e exigido pelo nosso querido Papa Francisco e seus predecessores;
3) Sua teologia é pobre e reduzida no que diz respeito às várias igrejas, ritos e tradições não aprofundando suas raízes apostólicas e sua longa tradição. O que este pastor entende de Anglicanismo e suas expressões? Qual Igreja a qual ele se refere e quem é o bispo responsável da mesma para questionar sua validade? De fato Papa Francisco recentemente encontrou-se com o Arcebispo Primaz da Cantuária da Inglaterra sua Eminência Justin Welby e há um profundo amor e apreço pela Alta Tradição fundamentadas na graça dos sacramentos e na Eucaristia presença real de Jesus também presente no Anglicanismo, na Ortodoxia etc
4) Não abandonamos nem a Igreja e nem o Papa – a fé é una, santa católica e apostólica, mas nos empenhamos sob “novas trincheiras” como dizia o saudoso teólogo Leonardo Boff
5) Sinto-me triste e decepcionado com tudo isso e com a fraqueza de alguns fiéis que se deixarão levar por bulas e decretos que oprimem suas vidas e sua liberdade... Ele nos chamou para a liberdade, mas nós continuaremos aqui sempre abertos na força do Evangelho de Jesus, na graça da Eucaristia e sob a proteção da Mãe de Deus.
6) O mesmo arcebispo nunca nos procurou anos de ausência e indiferença de um pastor que desejar nos aprisionar e não expressar nossos talentos e carismas com o povo de Deus que não é um monopólio seu, mas de Deus.
7) Não sou homem de me intimidar com tais excomunhões emanadas por um pastor que não é meu e que pelo seu testemunho não representa a muitos fiéis desta realidade.
8) Anos de minha vida de formação em Roma e no exterior não sob uma teologia de gueto ou bairrista, mas arraigada na ampla tradição e na missionariedade – no “Ide de Jesus” que não se fecha na mesquinhez do pensamento de tal pastor mas na graça da catolicidade que une, acolhe e evangeliza sem aniquilar-afundar o homem e seus grandes ideias.
9) Caro Dom Eduardo sua nota só causou-nos tristeza mas não cancela nossa esperança que não fundamenta nem em sua mitra e nem em seu cajado (báculo) mas em Cristo Jesus nosso Sumo Pastor.
10) Excomungue suas ideias, seu egoísmo e suas ideias opressoras diante dum cristianismo que precisa respirar e crescer além de suas vontades e caprichos
11) O Mosteiro continuará aqui como “grão de mostarda” aberto a todos e aos mais abandonados porque Cristo é nossa paz.
12) Nossas missas e funções continuam – não se intimidem pelas arrogâncias humanas. Em particular aguardo a todos para o dia 9-2 as 19.30 onde será minha Ordenação Episcopal e meu comunicado oficial sob a luz do Espírito que não nos abandona.
Orem por mim e por todos nós. Deste pobre servo!
Rev. Arquimandrita Theodoro
Fundador F.M.C.

16 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Senhor
    Gostaria de informar que estarei denunciando a delegacia de crimes virtuais,por injuria,difamação e uso indevido de imagem e danos morais contra sua pessoa senhor Edson Correa,pois em seu documento outrora ali copiado da fonte não fala de EX-PADRE e sim do rompimento do Revmo.Pe.Theodoro com a igreja Católica Romana,estou informando para sua ciência que nas próximas 48 horas estarei tomando as providencias cabíveis contra seu blog e seus administradores,este blog ja esta todo gravado e salvo em CD como prova do crime virtual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhor, eu não mencionei que ele é ex-presbítero, eu mencio que ele não é mais PAI = PADRE, termo utilizado na Igreja Católica, por causa do rompimento. - ver http://pt.wikipedia.org/wiki/Presb%C3%ADtero - "Padre, significando pai, é uma forma de tratamento que recebe o presbítero na Igreja Católica, Igreja Ortodoxa"

      Excluir
    2. Querido ele não e mais padre da igreja Católica Romana,mas ue e continua PADRE e agora Bispo no próximo dia 09/02 ou por acaso a igreja católica Romana patentou o titulo de padre no INPI? meu querido estude teologia sistemática e eclesiologia,pois tem muitos padres que assim o digam que não servem e nem tem a dignidade de ser porteiro do cemitério,se e que me entende,por ventura o senhor conhece mesmo a historia de caminhada de lutas a favor do Pe.Theodoro? pelo visto não pois se fanatizam em nome de um pastor fraudulento chamado de "ARCEBISPO".

      Excluir
    3. Meu querido Rafael Ribeiro, não tenho a intenção de atacar ou denegrir a imagem de ninguém. Como Católico Apostólico Romano, reconheço meu arcebispo Dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, e publiquei para minha comunidade o que foi comunicado dentro de nossa Igreja e na mídia, através dos jornais da região. Desculpe-me se isso o incomoda.

      Excluir
  3. Estou aguardando o direito de resposta do Arquimandrita Theodoro,que acabou de ligar ao senhor,por favor inclua o artigo que ele mesmo acabou de enviar ao senhor.Estou no aguardo Passar Bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhor Rafael, só estou recebnedo sua reclamações, como o senhor vê que estou publicando. Não recebi a resposta do Sr. Theodoro.

      Excluir
    2. Sr. Theodoro? para quem foi Ministro da Eucarística do Revmo.Pe.Theodoro agora chamando ele de senhor Theodoro? que coisa né

      Excluir
  4. Muito Obrigado pelo Direito de Resposta do Revmo.Pe.Theodoro

    ResponderExcluir
  5. Senhor Edson Corrêa
    Usar de imagens sem autorização é crime.
    Indico retirar imediatamente a foto do Mons. Theodoro deste seu blog.
    Se quer defender o seu bispo, que faça dentro da coerência histórica e teológica.
    Neste País há liberdade de culto amparada pela Constituição da República. Ninguém deve ou pode ser cerceado em matéria de religião. E denegrir outras igrejas como seitas ou assemelhadas é crime, pois deveria antes saber qual delas acolheu em caridade o citado monsenhor.
    Ademais, ter um blog não torna o senhor dono de verdade nenhuma. Deus é maior, como bem disse o papa Francisco.
    E ai daquele que cair sob o jugo de Deus. Não há apelação. Nem seu arcebispo conseguirá fazer mais nada.Senhor Edson Corrêa
    Usar de imagens sem autorização é crime.
    Indico retirar imediatamente a foto do Mons. Theodoro deste seu blog.
    Se quer defender o seu bispo, que faça dentro da coerência histórica e teológica.
    Neste País há liberdade de culto amparada pela Constituição da República. Ninguém deve ou pode ser cerceado em matéria de religião. E denegrir outras igrejas como seitas ou assemelhadas é crime, pois deveria antes saber qual delas acolheu em caridade o citado monsenhor.
    Ademais, ter um blog não torna o senhor dono de verdade nenhuma. Deus é maior, como bem disse o papa Francisco.
    E ai daquele que cair sob o jugo de Deus. Não há apelação. Nem seu arcebispo conseguirá fazer mais nada.
    Por fim, indica-se que o direto de resposta do Arquimandrita se faz necessário, pois faz mais de 10 anos sendo perseguido por este arcebuspo. E o Arquimandrita sempre foi ligado à igreja greco-melquita. Esse arcebispo de Sorocaba pensa que é quem? Pensa que está na Idade Media?
    Esse este blog estáonitorado.
    Passar bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhor “+James”, não sei quem é. Realmente NÃO SOU O DONO VERDADE, somente, como católico apostólico romano publiquei um comunicado oficial de nosso Arcebispo à nossa comunidade. Concordo plenamente, se alguém por decisão própria, independente da unidade entre nós cristãos, decidir por outra denominação e outros dogmas, não são católicos apostólico romano, é tão simples e de fácil compreensão. Não tenho capacidade de julgar, o reconheço como sacerdote, mas, como padre católico, meu pai espiritual que aconselha, me orienta, perdoa os meus pecados, na situação atual, não posso mais. Quanto ao monitoramento ao meu blog, só tenho que agradecer pelas visitas.

      Excluir
  6. Falácias e ameaças! Desaprendeu a santa humildade, pior ainda inteligentes que desconhecem a verdade! Se de fato ele responde à eparquia greco-melquita, porque o mesmo vai entrar na Igreja anglicana? Porque não permanece na mesma? O problema é o arcebispo de Sorocaba, ou o mesmo revmo? Falta verdade, honestidade e transparência!

    ResponderExcluir
  7. Falácias e ameaças! Desaprendeu a santa humildade, pior ainda inteligentes que desconhecem a verdade! Se de fato ele responde à eparquia greco-melquita, porque o mesmo vai entrar na Igreja anglicana? Porque não permanece na mesma? O problema é o arcebispo de Sorocaba, ou o mesmo revmo? Falta verdade, honestidade e transparência!

    ResponderExcluir
  8. ele se junta à igreja anglicana que nasceu porque um rei inglês queria se casar novamente, e cujo primeiro líder decapitou várias de suas esposas, aquela igreja que agora autoriza as mulheres bispos e os casamentos gays!

    ResponderExcluir